100% ORIENTADOS À COMPUTAÇÃO EM NUVEM
Tecnologia e Inovação

Cultura devops: o que é e por que adotar em sua empresa?

Portal Blog CCM

Devops é uma metodologia de desenvolvimento de software que busca integrar suas equipes de desenvolvedores e profissionais de infraestrutura de TI para alcançar maior agilidade. Seus métodos se tornaram tão efetivos que uma cultura baseada nessa metodologia surgiu com a finalidade de melhorar processos, independentemente do setor, por meio de uma maior colaboração, integração contínua e entregas focadas nos clientes.

Em um mercado de TI cada vez mais competitivo, essa metodologia passou a ser uma forte aliada das empresas que visam modernizar seus processos e eliminar hierarquias tradicionais.

Os princípios do Devops ajudam no gerenciamento de ambientes e possibilitam que as organizações consigam ter sucesso no alinhamento de suas equipes em relação a processos, ferramentas e responsabilidades.

Na prática, esse modelo aproxima as equipes de desenvolvimento às de operação com o objetivo de simplificar processos, integrar áreas, alcançar maior agilidade e qualidade nas entregas e reduzir o tempo de resposta aos consumidores.

Você já conhecia o Devops? O objetivo do post de hoje é mostrar a você como essa cultura funciona, quais as principais ferramentas a serem utilizadas e ainda trouxemos algumas recomendações de como utilizá-la. Confira a seguir!

O que é Devops?

O termo Devops é uma combinação entre as palavras “Development” (Desenvolvimento) e “Operations” (Operações) e ele surgiu da necessidade de eliminar os conflitos entre equipes no momento de tomar decisões importantes sobre o desenvolvimento de softwares.

Ele se tornou necessário, pois cada equipe trabalhava de acordo com suas próprias metodologias, métricas e ferramentas, o que acabava gerando dilemas e conflitos no resultado final do projeto.

Desse modo, para eliminar essa visão fragmentada que atrapalhava o projeto como um todo surgiu o Devops que está intimamente conectada à cultura ágil de forma geral.

Essa metodologia incorporou ideias das concepções de entrega contínua, desenvolvimento ágil e deploy contínuo, tornando-se conhecida como implementação contínua ou entrega contínua porque, ao padronizar ambientes de desenvolvimento, também auxilia no gerenciamento do lançamento de novas versões.

A cultura Devops

Atualmente, o Devops não se restringe a equipes de desenvolvimento de softwares, podendo ser aplicada a qualquer time e, por isso, surgiu o conceito de cultura devops, que é um conjunto de práticas que visa aproximar as equipes de uma empresa de forma rápida, otimizar a troca de informações e melhorar os processos de desenvolvimento em geral.

Por meio dela, as empresas passam a seguir algumas práticas constantemente, são elas:

  • Colaboração;
  • Integração;
  • Automação;
  • Entregas contínuas;
  • Testes contínuos;
  • Monitoramento;
  • Correção imediata.

A cultura devops pode trazer mudanças significativas para toda a estruturação das empresas, descentralizando a tomada de decisões importantes para que sejam mais rápidas, além de contribuir para uma visão geral interna de produtividade e eficácia.

Quais as principais ferramentas?

Para que seja possível realizar toda a integração proposta pelo Devops é necessário contar com um conjunto de ferramentas capazes de suprir todas as necessidades das equipes. Elas devem ser capazes de mapear atividades, controlar versões, permitir entregas contínuas, revisões e outras práticas.

Elas são fundamentais para conquistar os melhores resultados e ainda auxiliam os colaboradores a adotarem a mudança de cultura. Devido a isso é importante que as ferramentas certas sejam escolhidas.

Pensando nisso, separamos as principais ferramentas que sua empresa pode implementar ao adotar o Devops, confira:

Azure Devops

O Azure Devops consiste em um pacote de tecnologias para desenvolvedores focadas no planejamento, colaboração e entregas. Ela pode ser integrada com outras soluções além das desenvolvidas pela própria Microsoft, como Docker, Github, entre outras.

Por meio de seu conjunto de serviços, ele auxilia no planejamento ágil que permite o monitoramento do trabalho das equipes, além de fornecer uma boa visualização do pipeline de entregas e ferramentas de planejamento avançado.

O Azure Devops ainda permite integração e entregas contínuas para qualquer plataforma e é ideal para compilação, testes e implantação em qualquer linguagem, em qualquer nuvem ou mesmo localmente.

Github

Essa ferramenta possibilita trabalhos em colaboração entre desenvolvedores. Assim, dois ou mais profissionais podem trabalhar ao mesmo tempo e editar arquivos existentes sem correr o risco de que suas alterações atrapalhem as modificações dos demais.

Isso é possível pois seu sistema de controle de versão acompanha as mudanças feitas no código base, salvando cópias do repositório, conhecidas como Branch. Desse modo, você pode trabalhar em um Branch sem afetar o repositório central.

Além disso ele registra quem efetuou as alterações, permitindo a restauração do código removido ou modificado caso necessário.

Ansible

Ansible é uma ferramenta simples de gerenciamento que automatiza o provisionamento em nuvem, o controle de configurações, a implantação de aplicações e a orquestração intraserviços.

Por meio dela é possível modelar a infraestrutura de TI, descrevendo como todos os sistemas se relacionam ao invés de gerenciá-los separadamente. Um de seus principais diferenciais é a utilização de agentes e nenhuma infraestrutura de segurança personalizada adicional, por isso é fácil de implantar e utiliza uma linguagem simples.

O Ansible funciona conectando-se aos seus nós e executando programas pequenos, chamados “Módulos Ansible”, os quais foram criados para ser modelos de recursos do estado desejado do sistema. O Ansible os executa e remove quando finalizados. Sua biblioteca de módulos pode residir em qualquer máquina e não há servidores ou bancos de dados necessários.

Docker

O Docker é uma ferramenta precursora da conteinerização e é uma das mais utilizadas no Devops por trazer portabilidade aos projetos. Ele fornece segurança integrada de contêiner independente da plataforma e operações ágeis para aplicativos herdados ou nativos da Nuvem.

Ele é capaz de automatizar de forma simplificada a implantação de aplicativos e facilitar o desenvolvimento distribuído. Suas aplicações podem estar presentes em diferentes plataformas por serem colocadas em recipientes tecnológicos e rodarem em unidades automaticamente empacotadas.

Kubernetes

Essa ferramenta foi baseada no Docker em relação ao campo da conteinerização e é capaz de agrupar contêineres por categorização lógica. Além disso é considerado a primeira ferramenta de contêiner de orquestração.

Os Kubernetes podem ser implantados em vários computadores por meio de distribuição automatizada. Eles orquestram um conjunto de servidores (físicos ou virtuais) para que essas máquinas forneçam recursos computacionais aos contêineres que vão entregar serviços de aplicação e bases de dados.

Há inúmeras ferramentas que sua empresa pode implementar para utilizar a cultura do Devops portanto é importante buscar por aquelas capazes de atender todas as demandas e especificidades de seu empreendimento. Como você pôde ver, seus benefícios irão impactar diretamente nos resultados gerais de seu time e, consequentemente, no sucesso dos negócios.

dataRain – Cloud Computing Amazon Web Services

Compartilhe

Whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar à listagem
Central de Vídeos

Veja também

CONHEÇA ALGUNS

Cases de sucesso

Redução de custos, eficiência, experiência.

Quer conhecer mais?

Nuvem AWS é com dataRain.
Entre em contato Ver todos os cases

Nossas credenciais