100% ORIENTADOS À COMPUTAÇÃO EM NUVEM
News AWS

AWS reforça vigilância sobre as políticas de serviço em nuvem

 

A Amazon deverá reforçar a vigilância sobre os conteúdos que violam suas políticas de serviço em nuvem. A empresa contratará um grupo de pesquisadores da AWS para desenvolver experiências, com pesquisadores externos, para monitorar ameaças futuras.

A Amazon pretende adotar uma abordagem mais proativa para determinar quais tipos de conteúdo violam suas políticas de serviço em nuvem, como regras contra a promoção da violência, e impor sua remoção.

Medidas tornaram-se necessárias

Na semana passada, a gigante de tecnologia derrubou um site hospedado no AWS que apresentava propaganda do Estado Islâmico. O site incluía a celebração de um atentado que que matou cerca de 170 afegãos e 13 soldados americanos em Cabul. A notícia sobre sua nova estratégia ocorreu após a gigante de tecnologia ser questionada pelo The Washington Post, em reportagem sobre o atentado, segundo o jornal.

A ação também ocorre após a invasão do Capitólio, no início do ano. Enquanto a vitória de Joe Biden para presidente dos Estados Unidos era ratificada e a Amazon expulsou um aplicativo de mídia social de sua estrutura de nuvem por incitar a violência antidemocrática.

Comunicado da AWS

“O AWS Trust & Safety trabalha para proteger os clientes, parceiros e usuários da Internet da AWS de pessoas mal-intencionadas que tentam usar nossos serviços para fins abusivos ou ilegais. Quando a AWS Trust & Safety é informada sobre comportamento abusivo ou ilegal nos serviços da AWS, eles agem rapidamente para investigar e envolver os clientes para tomar as medidas adequadas”, disse a AWS em um comunicado.

“O AWS Trust & Safety não faz uma revisão prévia do conteúdo hospedado por nossos clientes. À medida que a AWS continua a se expandir, esperamos que essa equipe continue a crescer”, acrescentou.

Fontes familiarizadas com o assunto disseram que a Amazon contratará um pequeno grupo de pessoas em sua divisão AWS. Esse grupo irá desenvolver experiência e trabalhar com pesquisadores externos para monitorar ameaças futuras. Segundo a reportagem, a mudança de postura pode tornar a Amazon uma das mais poderosas árbitras de conteúdo permitido na internet.

As políticas de serviço em nuvem sempre existiram

Apesar de já proibir atividades ilegais ou fraudulentas, que incitam a violência ou promovem a exploração e o abuso sexual infantil, a Amazon pretende desenvolver uma abordagem para problemas comuns aos provedores de nuvem. Entre essas abordagens a gigante pretende determinar quando é a hora de intervir em um site de desinformação, por exemplo.

Apesar de tudo, há de um lado pesquisadores e ativistas pressionam as grandes empresas de tecnologia a assumirem sua responsabilidade sobre os conteúdos hospedados em seus serviços. Enquanto conservadores condenam a restrição da liberdade de expressão.

A nova equipe da AWS não planeja vasculhar a vasta quantidade de conteúdo que as empresas hospedam na nuvem, mas terá como objetivo se antecipar a ameaças futuras. Ameaças como grupos extremistas emergentes, cujo conteúdo pode chegar à nuvem da AWS.

Este artigo foi publicado em Computer World

Conheça o serviço de Consultoria em Nuvem que a dataRain oferece e entre em contato!

dataRain – Cloud Computing Amazon Web Services

Compartilhe

Whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar à listagem
Central de Vídeos

Veja também

CONHEÇA ALGUNS

Cases de sucesso

Redução de custos, eficiência, experiência.

Quer conhecer mais?

Nuvem AWS é com dataRain.
Entre em contato Ver todos os cases

Nossas credenciais